terça-feira, 6 de julho de 2010

POESIA - PRENDA CRIANÇA




SOU PRENDA-CRIANÇA,
BONECA ESPERANÇA,
CABELOS DE TRANÇA
OU SOLTOS NO AR...
NÃO SEI DE ILUSÕES;
NAS LINDAS CANÇÕES
DE MINHAS TRADIÇÕES:
MEU RANCHO, MEU LAR.

SOU PRENDA FORMOSA,
A JÓIA PRECIOSA,
UM MISTO DE ROSA,
HORTÊNCIA E JASMIM...
SOU LINDA PRINCESA;
EM MINHA REALEZA
TENHO A NATUREZA
SORRINDO PARA MIM.

SOU LUZ E VERDADE,
TENHO A MOCIDADE
E NA SOCIEDADE
SOU FLOR EM BOTÃO...
CULTIVANDO A ARTE,
LÁBIOS ESCARLATES,
PREPARANDO UM MATE
PARA SERVIR O PEÃO.

AO SOL QUE LEVANTA
MINHA ALMA CANTA;
NA VOZ DA GARGANTA
UM HINO DE AMOR...
O CORAÇÃO PALPITA;
VESTIDA DE CHITA
E, ASSIM, TÃO BONITA,
SOU GENTE, SOU FLOR!




Autor: Salvador Ferrando Lamberty


6 comentários:

  1. Bom dia querida amiga blogueira !

    Resolvi passar para dar uma espiadinha no seu blog ... que é uma fofura e também para te desejar uma semana iluminada, repleta de alegrias !

    Beijos no ♥

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, gostaria de parabenizar o blog que ensina nossas crianças a cultura e história do nosso Rio Grande.Continue fazendo esse ótimo trabalho. Forte abraço.

    ResponderExcluir
  3. eu adorei seu blog eu quero vir mais vezes aqui

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde gostaria de um vídeo cin essa declamação obrigada

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde gostaria de um vídeo cin essa declamação obrigada

    ResponderExcluir